Os defeitos e o amor…

| 1 Comentário

Gostamos das pessoas pelas suas qualidades, mas só as amamos de verdade por causa dos defeitos e de todo aquele incomodo que eles causam em nós. Por nos tirarem da zona de conforto dos clichês baratos que dizemos: Estou melhor sozinho, não existe essa de amor, prefiro não me envolver pra não me magoar sabe?

Na verdade, nada melhor do que amar todos os defeitos pra mostrar que se ama de verdade. Afinal, quem gosta das pessoas perfeitinhas, que nunca questionam nada e que pintam o mundo em volta com cores variadas como que se, para amar, não pudessem haver dissonâncias entre um momento e outro.

Imagine, como duas pessoas criadas em famílias diferentes, com crenças e dogmas distintos, com cores e pratos preferidos desiguais, planos e metas pra vida apartadas podem não discordar em um coisa ou outra? Sem fingir o tempo todo, acredito que seja impossível… Posso estar errado, mas a vida nunca ensinou diferente.

Todas as toalhas e sapatos espalhados pela casa, toda aquela louça que deixamos um dia a mais por lavar, todas as consultas médicas que não marcamos são motivos fáceis pra qualquer pessoa normal enlouquecer… Mas nós as amamos. Amamos o seu jeito, suas manias e todos os maus costumes adquiridos ao longo dos anos longe da gente com muito treino. Tudo isso faz com que todos os dias nos apaixonemos mais. Como se cada vez que torcemos o nariz para uma dessas malcriações fossem o combustível que alimentam a vida a dois, bem como os sonhos e aquela vontade boa de querer ficar junto. Vontade que a gente só tem realmente com quem amamos de verdade.

Por isso, não se deve procurar por pessoas perfeitas e príncipes ou princesas de conto de fadas. Sei também que isso é clichê e que você deve ter lido isso tudo com aquele pensamento: Nossa, mas todo mundo sabe disso. Mas nunca é demais relembrar: Amamos os defeitos, as manias feias, as coisas que nunca faríamos por falta de coragem ou de costume e aquele jeitinho graciosamente incômodo. E, nisso tudo, o grande segredo é procurar nesses defeitos todas as formas de amor. Todas as formas de gostar, pois eles nunca vão sair de lá. Podem se esconder ou acontecer com menor frequência/intensidade por conta da sua insistência. Mas sempre estarão lá querendo sair. Por isso, nada melhor que amar quem se ama, independente de tudo que hoje nos desagrada. Pois, se ela for embora… Vai fazer uma falta do caralho… Com todos os defeitos que só ela tem…

One Comment

  1. Eu gostei mais desses do que de todos…mesmo com todos os defeitinhos que eu “consertaria”! Amo-te!

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.